Retornar inflação à meta permitirá queda dos juros e facilitará investimentos, diz Lane, do BCE

Economista-chefe do Banco Central Europeu (BCE), Philip Lane afirmou nesta sexta-feira, 15, que retornar inflação à meta permitirá a queda dos juros na zona do euro, facilitando a entrada de investimentos no bloco. Segundo ele, o banco central deve manter o foco em reduzir os preços antes de discutir alterações na política monetária ou na faixa-alvo da meta de inflação em 2%.

"Se não estabilizarmos a inflação, os juros não voltarão a cair", ressaltou Lane, ao ser questionado durante aula na Imperial College Business School de Londres.

O economista-chefe do BCE reiterou projeções sobre inflação e crescimento da zona do euro, notando que os preços devem continuar a cair nos próximos meses. Entretanto, Lane alertou que as pressões inflacionárias domésticas "ainda estão elevadas", em resposta a um avanço robusto dos salários e queda da produtividade da mão de obra.

Pelo lado positivo, o dirigente destacou que há sinais de moderação no avanço salarial e que os lucros corporativos têm permitido maior absorção do custo de mão de obra.