IFI vê receita menor do governo no primeiro bimestre

Levantamento da Instituição Fiscal Independente (IFI), órgão vinculado ao Senado, indica que as receitas no primeiro bimestre do ano ficaram R$ 12,2 bilhões abaixo do que havia sido estimado pelo governo federal no decreto de programação orçamentária de 2024. Os dados foram computados com base nas informações do Siga Brasil.

Segundo a diretora da IFI, Vilma Pinto, apesar de a frustração de receitas não definir o nível de contingenciamento necessário para cumprimento da meta de déficit zero, o dado revela que o governo terá um desafio ainda maior. "Essa frustração de receitas não é uma conta de contingenciamento, mas é uma variável que vai, sim, influenciar nessa conta, porque na programação está sendo colocado quanto o governo espera arrecadar e gastar a cada bimestre."

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.