Powell diz que mercado de trabalho segue apertado nos EUA, mas caminha para maior equilíbrio

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano), Jerome Powell, afirmou que o mercado de trabalho no Estados Unidos segue "aquecido", mas caminha para alcançar um "maior equilíbrio".

Segundo ele, o crescimento dos salários nominais e as ofertas de emprego diminuíram no país. Apesar disso, ponderou, a procura de trabalho ainda excede a oferta de trabalhadores disponíveis.

"Os participantes do Fomc (sigla em inglês para Comitê Federal do Mercado Aberto do Fed) esperam que o reequilíbrio do mercado de trabalho continue a aliviar a pressão ascendente sobre a inflação", afirmou Powell, a jornalistas.

Powell disse ainda que a atividade no setor imobiliário está contida, ante juros de hipotecas mais altos.