Fávaro: Ao final de mandato, produtores verão que Lula terá sido 'grande governo' para agro

O ministro da Agricultura, Carlos Fávaro, disse quinta-feira, 21, que o encontro do presidente Luiz Inácio Lula da Silva com fruticultores não tem nada a ver com a discussão sobre os preços dos alimentos e que, ao final do mandato, produtores reconhecerão que a gestão Lula terá sido um "grande governo" para setor. Fávaro falou a jornalistas na porta da Granja do Torto, onde Lula receberá os produtores para um churrasco.

Fávaro disse que até o fim do mandato a relação de Lula com os produtores rurais estará boa. O setor deu apoio majoritário a Jair Bolsonaro na eleição de 2022.

"Ao final do mandato, a imensa maioria dos produtores e produtoras, independente de em quem votar em 2026, vão reconhecer que terá sido um grande governo para a agropecuária", declarou ele.

O churrasco desta quinta-feira terá participação de representantes do setor de frutas e sucos. "Acredito que em torno de 60 pessoas de 11 Estados estarão no evento", disse o ministro.

Segundo Fávaro as recepções no Torto serão semanais ou quinzenais. Os próximos setores que participarão devem ser os de café, algodão, floresta plantada e bioinsumos.