Tributação de fundos exclusivos contribui para arrecadação em fevereiro, destaca Receita

O coordenador de previsão e análise da Receita Federal, Marcelo Gomide, afirmou nesta quinta-feira, 21, que a tributação de fundos exclusivos contribuiu para o bom desempenho na arrecadação de fevereiro. De acordo com ele, a taxação foi parcelada e números mostram que ficarão no patamar de R$ 4 bilhões mensais.

Gomide também afirmou que a retomada da tributação regular do diesel é o principal fator para o aumento da arrecadação do PIS/Cofins no mês de fevereiro.

"Base estava desonerada em fevereiro de 2023 e em fevereiro de 2024 volta a estar uma base mais normal por conta do restabelecimento das alíquotas", disse Gomide durante a coletiva.

Ele explicou ainda que o crescimento da massa salarial é o principal fator responsável pelo aumento das receitas previdenciárias. "A gente mantém o mercado de trabalho como forte componente para explicar resultado, mas a gente tem que destacar a arrecadação do Simples Nacional", disse.