É preciso cuidado para não reduzir juros cedo demais, afirma Nagel, do BCE

O dirigente do Banco Central Europeu (BCE) e presidente do BC da Alemanha (Bundesbank), Joachim Nagel, alertou nesta sexta-feira (22) sobre o risco de o BCE relaxar sua política monetária cedo demais ou de que se presuma que um primeiro corte de juros será seguido por uma série de reduções.

"Não está garantido que tudo correrá bem ao longo do resto do ano", disse Nagel, durante webcast promovido pelo MNI.

Nagel disse também que o BCE está preparado para reduzir seus juros básicos, mesmo que o Federal Reserve (Fed, o BC dos EUA) siga mantendo suas taxas. Alguns economistas acreditam que se o BCE agir antes do Fed, o euro se enfraquecerá frente ao dólar, o que poderia impulsionar a inflação à medida que os preços de bens importados e serviços subirem.

"Temos de fazer nosso trabalho", disse Nagel. "A melhor maneira de fazer isso é ficarmos independentes de decisões tomadas em outras jurisdições", acrescentou. Fonte: Dow Jones Newswires.