FAA amplia supervisão da United Airlines, após problemas recentes de segurança

A Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos está intensificando a supervisão minuciosa da United Airlines, após uma série de problemas de segurança nas últimas semanas, informou a companhia aérea aos funcionários nesta sexta-feira.

O órgão regulador revisará alguns dos processos, manuais e instalações da United nas próximas semanas, escreveu Sasha Johnson, vice-presidente de Segurança Corporativa da United, em um memorando que o The Wall Street Journal teve acesso.

Segundo pessoas familiarizadas com o assunto, as autoridades da FAA estão preocupadas com a alta taxa de problemas de segurança, em um período de tempo relativamente curto.

No início desta semana, o CEO da United Airlines, Scott Kirby, entrou em contato com os clientes para assegurar que os incidentes, embora não relacionados, estão recebendo atenção de alto nível.