Revisão do crescimento do PIB pode acontecer no primeiro semestre, avalia Haddad

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, afirmou nesta quarta-feira, 27, que a revisão do crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) pode acontecer ainda no primeiro semestre. "Pelo que vejo da evolução da geração de emprego, das notícias que tenho dos setores agro, automobilístico, etc, quero crer que essa revisão pode ser feita para cima, mas é uma percepção minha", disse.

"Para este ano, nós estávamos projetando um crescimento de 2,2%, mas penso que à luz do aquecimento da economia no começo do ano e da geração de empregos, o Ministério da Fazenda vai ser obrigado a rever sim a projeção de crescimento para este ano", disse, em entrevista nesta quarta-feira, 27, à Rádio Itatiaia. "Acredito que a área técnica vai concluir que o crescimento pode ser sim superior a 2,2%, como está previsto na Lei Orçamentária."

O ministro ressaltou que, para a revisão da previsão do PIB, é preciso prestar atenção no número de geração de emprego de fevereiro, que será divulgado ainda nesta quarta-feira. Segundo ele, a projeção de um crescimento também se dará, sobretudo, se a taxa de juros continuar caindo.