BC do Japão rebaixa avaliação da economia de 7 de 9 distritos regionais do país

O Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) rebaixou a avaliação econômica de sete de nove distritos regionais japoneses, com base em dados e relatos das praças locais. As avaliações de duas regiões - Hokkaido e Shikoku - foram mantidas, diante de sinais de que suas economias continuavam acelerando, da mesma forma que estavam em janeiro. A atualização foi publicada nesta quinta-feira, 4, em relatório trimestral do BC japonês.

Os distritos que tiveram piora na avaliação foram Tohoku, Hokuriku, Kanto-Koshinetsu, Tokai, Kinki, Chugoku e Kyushu-Okinawa.

No total, oito regiões (todas, menos a de Hokuriku) relataram que suas economias estavam se recuperando moderadamente, acelerando ou acelerando moderadamente, "embora alguma fraqueza tenha sido observada em parte", disse o BoJ.

Hokuriku também viu sinais de aceleração, mas sofreu pressão dos efeitos de um terremoto na Península de Noto, que aconteceu no dia 1º de janeiro.