Procon-SP multa Enel mais uma vez, em quase R$ 13 milhões, por falta de luz

O Procon-SP aplicou uma multa de R$ 12,9 milhões à distribuidora de energia elétrica Enel São Paulo pela falta de energia na região central da capital paulista. Segundo o órgão, a companhia cometeu diversas infrações ao Código de Defesa do Consumidor.

No mês passado, um apagão deixou partes dos bairros de Higienópolis, Bela Vista, Cerqueira César, Santa Cecília e Vila Buarque sem luz por um período prolongado.

A ocorrência, que segundo a Enel SP foi provocada por um incidente na rede subterrânea, deixou inclusive a Santa Casa de Misericórdia de São Paulo sem energia. Em outra ocorrência, a região de comércio popular da Rua 25 de Março também foi afetada pela interrupção no fornecimento de eletricidade.

O Procon apontou outras infrações da empresa além da falta de energia, como cobranças indevidas, falta de respostas a notificações enviadas anteriormente e problemas no serviço de atendimento ao cliente.

Esta é a segunda vez que o órgão multa a Enel pela interrupção de energia em um curto período. No final do ano passado, foi aplicada uma multa de R$ 12,7 milhões à companhia, pela falta prolongada do serviço.

Deixe seu comentário

Só para assinantes