"Tem que ter em mente que não é porque o CDI e o juro real estão altos que você tem que colocar todas as suas fichas nisso", diz Vivian Lee

A sócia e co-diretora de investimentos (co-CIO) da estratégia de crédito da Ibiuna Investimentos, Vivian Lee, avalia que, embora a taxa de juros alta possa ser atrativa para investimentos ligados ao CDI, é preciso ter cautela com a concentração. Para a gestora, a diversificação no portfólio segue "muito importante".

"Independentemente se falamos de título soberano ou corporativo, a taxa de juros está alta por um motivo, que pode ser técnico ou de fundamento", disse Lee, durante participação no evento Z Summit, em São Paulo. "Tem que ter em mente que não é porque o CDI e o juro real estão altos que você tem que colocar todas as suas fichas nisso."

Lee destaca a importância da gestão ativa para a "melhor tomada de decisões e acompanhamento" dos papéis investidos. Ela alerta ainda para o rating das empresas. "Oi, Americanas, Odebrecht. Todas foram AAA um dia. A concentração específica em um papel que paga muito é perigosa", diz.