Campos Neto: Coaf foi para o BC porque BC é técnico, autônomo

O presidente do Banco Central (BC), Roberto Campos Neto, reiterou que o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) foi para o autarquia porque o BC é técnico e autônomo.

Ao participar disse nesta segunda-feira, 22, do painel "Segurança Pública Cria Estabilidade Econômica", parte do seminário "Brasil Hoje", organizado pelo Grupo Esfera, Campos Neto disse mais uma vez que o Coaf tem pouco funcionários. "É bem pequeno", disse acrescentando que "precisamos melhorar alocação de recursos e tornar Coaf mais eficiente".