Ministro diz que governo japonês 'continuará' respondendo a variações cambiais anormais

A principal autoridade de câmbio do Ministério de Finanças do Japão, Masato Kanda, disse que o governo do país "continuará" respondendo a variações cambiais abruptas, sugerindo que o governo japonês pode ter intervindo no mercado cambial a favor do iene nesta segunda-feira.

"É difícil ignorar os efeitos ruins que esses movimentos violentos e anormais (das moedas) causarão para a economia do país", disse Kanda, sem, no entanto, confirmar de fato se houve intervenção.

Segundo fontes ouvidas pela Dow Jones Newswires, o governo japonês interveio após o iene atingir nova mínima em 34 anos em relação ao dólar. Fonte: Dow Jones Newswires.