Governo quer até 1º semestre de 2025 renegociar concessões inadimplentes de rodovias, diz Costa

O ministro da Casa Civil, Rui Costa, informou que o governo quer renegociar todas as concessões de rodovias em condição de inadimplência até o fim deste ano, com prazo máximo até o 1º semestre do ano que vem. As declarações ocorreram nesta terça-feira, 30, na Comissão de Infraestrutura do Senado, em audiência sobre o Novo PAC. A sessão ocorreu a pedido do senador Confúcio Moura (MDB-RO).

"Estamos buscando, junto ao TCU, renegociar concessões inadimplentes de rodovias. Pegamos algumas dezenas de concessões de rodovias que estavam sem executar, na plenitude, os seus contratos", disse o ministro. "Queremos, até o fim do ano, o mais tardar no 1º semestre 2025, renegociar todas as concessões inadimplentes de rodovias."

De acordo com Costa, o processo está ocorrendo junto ao Tribunal de Contas da União (TCU).

O ministro não cravou uma meta exata, mas afirmou que, até o fim de 2024, haverá um número "considerável" de rodovias concedidas e retomadas.