'Eu estou otimista, com o pé no chão', diz presidente do Bradesco, sobre economia do País

O presidente do Bradesco, Marcelo Noronha, afirmou nesta quinta-feira, 2, que está otimista com o cenário para a economia brasileira. A despeito da volatilidade vista nos mercados nas últimas semanas, com a expectativa de quedas menores dos juros no País, ele afirma que a percepção é positiva.

"Eu estou otimista, com o pé no chão", disse ele em coletiva de imprensa sobre os resultados do banco no primeiro trimestre deste ano.

Um dos pontos, segundo ele, foi a sinalização do Federal Reserve (o banco central norte-americano), que, na quarta-feira, divulgou a decisão de manter os juros nos Estados Unidos, mas que descartou uma alta de juros, temor que entrou no radar do mercado nas últimas semanas.

"O mercado mundial recebeu bem o recado do Fed", disse ele.

O executivo mencionou ainda a alteração da perspectiva da nota de crédito do Brasil pela agência de classificação de risco Moody's, de estável para positiva, também divulgada na quarta-feira.

"Nós temos um crescimento de PIB que vai mais para 2,5% do que para 2% neste ano", afirmou Noronha.