Iraque e Casaquistão definem cortes de produção para compensar excesso e cumprir meta da Opep

O Iraque e o Casaquistão definiram cortes de produção para compensar excesso no primeiro trimestre e cumprir as metas da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep), segundo comunicado divulgado nesta sexta-feira, 3, pelo cartel.

Com a decisão, o Iraque terá que compensar a produção excedente de 602 mil barris por dia (bpd) entre janeiro e março deste ano, enquanto o Casaquistão compensará produção de 389 mil bpd.

Os cortes serão divididos entre maio e dezembro de 2024, para adequar o nível de produção sem grande impacto para os países.

O comunicado também informa que a produção excedente de abril está sendo calculada e será igualmente distribuída no planejamento de compensação em 2024.

A exigência de compensação por produção excedente foi aprovada durante reunião ministerial da Opep, no dia 3 de abril.