S&P eleva rating da Turquia de 'B' para 'B+', com perspectiva estável, citando política

A S&P Global elevou o rating 'B' da Turquia para 'B+', com perspectiva positiva. De acordo com a agência de classificação de risco, após as eleições locais no país, "a coordenação entre as políticas monetária, fiscal e de rendimentos deverá melhorar, em meio ao reequilíbrio externo". Por outro lado, a agência não prevê que a taxa de inflação da Turquia caia para um dígito até 2028.

Nesta sexta-feira, a publicação do índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) turco de abril apontou uma alta anual de 69,9%.

"Poderíamos aumentar ainda mais a classificação se os resultados da balança de pagamentos continuarem melhorando, a inflação diminuir e a poupança interna em lira turca aumentar, levando a uma reconstrução das reservas utilizáveis de moeda estrangeira do governo (reservas brutas menos moeda estrangeira emprestada de residentes nacionais)", afirma a S&P.

O Banco Central da Turquia provavelmente manterá seu valor de referência para uma taxa de 50% para o restante de 2024, em proteção contra depreciação e pressões sobre a lira turca como forma de moderar a procura, e minimizar a taxa de câmbio passando para a inflação.