BNDES diz que aprovações cresceram 91% e totalizam R$ 24,7 bi no 1º trimestre

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) reportou que as consultas somaram R$ 61 bilhões no primeiro trimestre de 2024, uma alta de 68% ante o primeiro trimestre de 2023. As aprovações totalizaram R$ 24,7 bilhões no primeiro trimestre de 2024, uma alta de 91% ante o primeiro trimestre de 2023.

"A consulta cresce, antecedendo a aprovação e depois os desembolsos", disse Aloísio Mercadante. "É um resultado muito forte, consistente e promissor."

De acordo com o executivo, o cenário é de um excelente resultado, que por sua vez mostra uma instituição muito prudente.

Mercadante disse ainda que a demanda está muito forte no Fundo Clima, que traz medidas de descarbonização e digitalização da economia.

O executivo contou ainda que, no setor agropecuário, o BNDES deve aumentar sua participação no Plano Safra. "Temos linhas inovadoras, sempre com exigência de combate ao desmatamento", acrescentou Mercadante. "Imagino que hoje agricultores do Rio Grande do Sul reconhecem como é importante enfrentar crise climática."

Ainda em relação às novidades do BNDES, o presidente do banco afirmou que vai aproveitar a realização de encontro do G20 no Rio de Janeiro, em novembro, para apresentar uma série de produtos e inovações. "O G20 é uma vitrine para apresentar uma carteira inovadora, que traga mais investimentos, mais parcerias."