BoE mantém juro pela 6ª vez seguida, em 5,25%, e prevê crescimento maior do PIB britânico

O Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) decidiu manter sua taxa básica de juros pela sexta vez consecutiva, em 5,25%, após concluir reunião de política monetária nesta quinta-feira (9). A decisão do BoE veio em linha com a expectativa de analistas.

Segundo ata da reunião, sete dos nove dirigentes de política monetária do BC inglês votaram pela manutenção do juro básico. Os dissidentes foram Swati Dhingra e Dave Ramsden, que defenderam corte do juro básico em 25 pontos-base, para 5%.

Em relatório à parte, o BoE elevou sua projeção para o avanço do Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido em 2024, de 0,25% para 0,50%. A instituição estima que a economia britânica cresceu 0,4% no primeiro trimestre do ano e deverá ter expansão de 0,2% neste segundo trimestre.

O BoE também projeta que a inflação anual britânica diminuirá para 1,9% no segundo trimestre de 2026 se a autoridade monetária começar a reduzir juros este ano. Um ano depois, no segundo trimestre de 2027, a previsão é e que a inflação esteja em 1,6%.

Em março, a taxa anual da inflação ao consumidor britânico ficou em 3,2%. A meta de inflação do BoE é de 2%. *Com informações da Dow Jones Newswires.