Fitch: Inadimplência geral nos EUA aumenta impulsionada por novos escritórios

A taxa de inadimplência geral dos títulos lastreados em hipotecas comerciais dos Estados Unidos medida pela Fitch aumentou 14 pontos base (bps) para 2,33% em abril, de 2,19% em março, devido a um aumento na inadimplência de novos escritórios. Em relatório, a agência afirma que a taxa de inadimplência para escritórios aumentou 61 pontos base, uma vez que vários grandes empréstimos para escritórios entraram em default no vencimento.

O novo volume de inadimplência com mais de 60 dias aumentou para US$ 1,49 bilhão em abril, de US$ 789 milhões em março. Os empréstimos para escritórios representaram a maior parte das novas inadimplências (54%; US$ 809 milhões), seguidos pelo varejo (23%, US$ 342 milhões), uso misto (10%, US$ 147 milhões) e multifamiliares (9%, US$ 140 milhões). A inadimplência no vencimento representou 79% (US$ 1,18 bilhão) das novas inadimplências, enquanto a inadimplência no prazo representou 21% (US$ 311 milhões).