Governo de SP desativa Secretaria de Negócios Internacionais e transfere atividades

O governo de São Paulo informou que está desativando a partir desta sexta-feira, 24, a Secretaria de Negócios Internacionais. "A reestruturação é a primeira ação tomada após a publicação do Plano São Paulo na Direção Certa, ocorrida ontem (23), que prevê medidas para modernização da administração, otimização e maior eficiência do gasto público e melhoria do ambiente de negócios em São Paulo", explicou em nota.

As atribuições da antiga secretaria passam a ser desempenhadas pela Casa Civil e Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Passam a ser responsabilidade da Casa Civil a formulação e o desenvolvimento das políticas e ações de cunho internacional do governo, abrangendo planejamento, articulação e coordenação de ações para o estabelecimento de cooperação com governos nacionais, subnacionais e entidades internacionais; a formulação de diretrizes e ações para a negociação de programas e projetos do setor público estadual, vinculados a fontes externas; e a realização de estudos e pesquisas.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico ficará responsável pelo fomento do comércio exterior no âmbito do Estado, o desenvolvimento de atividades e a organização de eventos para atrair investimentos estrangeiros.

De acordo com a nota do governo estadual, a reestruturação está detalhada em decreto publicado no Diário Oficial desta sexta-feira.

Na quinta, havia sido publicada a exoneração de Lucas Ferraz, até então titular de Negócios Internacionais, "que saiu do cargo a pedido".

Nos próximos 30 dias, a Casa Civil editará resolução identificando os cargos e funções-atividades que serão transferidos e os que serão extintos, com indicação de seus ocupantes ou motivo de vacância.