Ex-Goldman Sachs substituirá Loretta Mester na presidência da distrital do Fed de Cleveland

A ex-funcionária do Goldman Sachs Beth Hammack foi escolhida para substituir Loretta Mester na presidência do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) de Cleveland, informou o conselho executivo distrital do BC dos EUA em comunicado divulgado nesta quarta-feira, 29.

Hammack, de 52 anos, assumirá o cargo em 21 de agosto deste ano e terá direito a voto nas reuniões do Comitê Federal de Mercado Aberto (FOMC, na sigla em inglês) até o fim de 2024.

A antecessora dela exercia a função desde junho de 2014 e deixará a instituição em cumprimento a normas de internas de aposentadoria compulsória.

Antes da chegada de Hammack, o primeiro-vice-presidente, Mark Meder, chefiará o Fed de Cleveland de maneira interina.

"Estou honrada em me tornar o próximo presidente do Federal Reserve Bank de Cleveland. É um grande privilégio servir o quarto distrito e o país, no cumprimento da nossa missão de promover uma economia forte e estável na qual todos os americanos tenham a oportunidade de prosperar", disse Hammack.