Fed: John Williams vê política monetária bem posicionada e afasta nova alta de juros

O presidente do Federal Reserve (Fed) de Nova York, John Williams, disse considerar que a política monetária nos Estados Unidos está em um nível bem posicionado para atingir as metas de inflação e máximo emprego - indicando que uma nova alta de juros não está no seu cenário-base. As declarações foram feitas em um evento do Clube Econômico de Nova York no início desta tarde.

Williams também afirmou que não vê o repique na inflação no início deste ano como um rompimento com a trajetória desiflacionária, mas sim como uma reversão dos níveis anormalmente baixos vistos em 2023. Dito isso, Williams reiterou que o nível de preços continua alto demais, e reforçou seu compromisso com os objetivos do Fed.

Sua projeção é de que o índice de preços de gastos com consumo (PCE, o indicador de inflação preferido do Fed) vai moderar a 2,5% neste ano, antes de se aproximar à meta de 2% em 2025. Ele prevê que o Produto Interno Bruto (PIB) crescerá entre 2% e 2,5% em 2024, e que a taxa de desemprego chegará a dezembro em cerca de 4%.