Bolsas

Câmbio

Ações baratas? “2003 e 2009 nos lembram de combinação inflamável na Bolsa"

SÃO PAULO – A equipe de renda variável da Franklin Templeton Investimentos destaca, em carta enviada aos cotistas dos seus fundos, que 2015 "não deixará saudades" nos investidores e cita que a deterioração dos fundamentos e da confiança dos agentes econômicos brasileiros desde a implantação da "nova matriz econômica" no primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff foi ampliada pela operação Lava Jato e pela turbulência política provocada pela possibilidade do impeachment da presidente.

"De acordo com consenso dos analistas ouvidos pelo Banco Central, a economia deve retrair 3,7% nesse ano, enquanto o IPCA deve subir 10,7%, maior patamar em 12 anos", apontam os gestores.

Embora as expectativas para o ano que começa não sejam muito animadoras, a equipe da asset acredita que algumas boas oportunidades bottom-up já estão surgindo. "Numa abordagem top-down parece ser muito difícil que vejamos uma recuperação sustentada dos preços dos ativos brasileiros enquanto o entrave político não for resolvido", dizem.

Os gestores afirmam ainda que os preços atuais dos ativos da Bolsa brasileira já embutem um cenário pessimista, que "embora hoje pareça ser o mais provável", não necessariamente irá se realizar.  "É possível encontrar diversas empresas em níveis de avaliação historicamente muito baixos. Os anos de 1994, 1999, 2003 e 2009 estão aí para nos lembrar que mudanças de sentimento bruscas e valuations descontados podem ser uma combinação inflamável nos mercados", disse a equipe da asset.

Na opinião da equipe da Franklin Templeton, a possibilidade de impedimento da presidente Dilma a enfraquece e empurra seu governo para o receituário econômico de fundo populista dos movimentos sindicais ligados ao PT. "A recente mudança do ministro da fazenda corrobora com essa tese. Enquanto houver risco de decisões políticas, que pioram ainda mais o cenário econômico, dificilmente veremos recuperação sustentada de nosso mercado", apontam.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos