Topo

Bombril diz que não pretende pedir recuperação judicial

29/02/2016 11h12

SÃO PAULO - A Bombril informou que trabalha em conjunto com assessores financeiros na avaliação de alternativas estratégicas para rever processos e fortalecer estrutura de capital, segundo comunicado ao mercado e disse que não pretende pedir recuperação judicial.

Em matéria deste final de semana, o jornal "O Estado de S. Paulo" informou que a empresa contratou assessoria para reestruturar o negócio, que sofre com alto endividamento, caixa reduzido e sucessivos prejuízos acumulados.

Fontes de mercado afirmaram ao jornal que a companhia poderia fazer um novo pedido de recuperação judicial, caso não tivesse sucesso nas renegociações em curso.

Mais Economia