PUBLICIDADE
IPCA
+0,83 Mai.2021
Topo

Burger King faz o caminho oposto ao do McDonald’s: mais fast food ainda

10/03/2016 11h49

SÃO PAULO – O McDonald’s anunciou recentemente a ampliação das vendas de seus hambúrgueres “gourmet” para o Brasil. O Burger King, por sua vez, passou a vender cachorro quente nos Estados Unidos.

Apesar das tendências de alimentação estarem mudando, com consumidores buscando cada vez mais opções saudáveis e com pouca gordura, o Burger King, que incluía opções como wraps, bebidas saudáveis e batatas com menos calorias ao redor do mundo, resolveu ignorar tudo isso e passou a encolher o cardápio. Aparentemente está dando certo.

Agora, a rede quer diminuir o tempo de atendimento em drive-thru para 2 minutos e 45 segundos – hoje, as fritas levam 3 minutos - e aposta em produtos de forte impacto, como tiras de frango frito chamadas chicken fries.

De acordo com o Wall Street Journal, o diretor-superintendente do Burger King na América do Norte, Alex Macedo, finalmente está confiante para “milhares de novos Burger Kings nos EUA nos próximos cinco anos”. O lucro da rede cresceu quase 70% entre 2010 e 2015.

Também ao jornal, o executivo afirma que o erro das outras redes de fast food foi adicionar itens aos cardápios e tentar mudar de identidade sem fazer os testes necessários.