Bolsas

Câmbio

A Pepsi já não é uma empresa de refrigerantes

SÃO PAULO – A PepsiCo está deixando de lado o produto que a fez crescer e passando a focar em produtos mais saudáveis e bebidas sem gás.

De acordo com a CEO da companhia, Indra Nooyi, refrigerantes já representam menos de 25% das vendas globais. O dado veio de uma entrevista à Associated Press. Enquanto isso, opções naturais como água e bebidas sem açúcar correspondem a 25% delas.

Do outro lado, a companhia vê grandes oportunidades em "snacks", como as marcas Lays, Doritos e Cheetos, cuja divisão teve 3% de crescimento em vendas no último trimestre.

Recentemente, em outubro, a executiva disse a acionistas que focar apenas em bebidas gaseificadas era coisa do passado e que as demais bebidas estariam guiando todo o crescimento da indústria.

O cenário confirma. Nos Estados Unidos, o volume consumido de refrigerante teve queda de 1,2% em 2015. No Brasil, a queda chegou a 20% em seis anos, segundo uma pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico de 2014, do Ministério da Saúde.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos