Bolsas

Câmbio

As piores coisas que você pode fazer com o seu dinheiro

  • Getty Images/iStockphoto/ DadoPhotos

SÃO PAULO – Erros durante o caminho para o sucesso financeiro são comuns e estar exposto a riscos faz parte do trajeto, mas o investidor deve estar consciente de que ações incorretas podem ter consequências. A planejadora financeira Sophia Bera conta para o "Business Insider" os principais erros que as pessoas cometem com o dinheiro:

1- Tirar dinheiro da previdência antes do tempo estipulado 

Se você contribui para um fundo de pensão ou faz aplicações regulares em uma previdência, por exemplo, parabéns, você está no caminho certo. Começar a investir cedo é a melhor forma de construir uma aposentadoria confortável e garantir que você conquiste objetivos no longo prazo.

Toda essa vantagem, porém, pode ser reduzida se você retirar uma quantia dessa aplicação antes do prazo estipulado. Isso ocorre porque tirar dinheiro do seu fundo de pensão implica o pagamento de taxas de saída, além do fato que você está abrindo mão de uma quantia que poderia estar rendendo ao longo do tempo.

2- Emprestar dinheiro sem ter condições para isso

Muitas famílias acreditam que as novas gerações devem bancar as gerações mais velhas. Poder ajudar os outros em períodos financeiros difíceis é muito bom, mas é preciso ficar atento ao quanto você pode abrir mão.

Antes de emprestar qualquer valor, separe a quantia necessária para cobrir suas contas e débitos, assim como aquilo que deve ser poupado para que você alcance objetivos no longo prazo e garanta a sua aposentadoria. Se mesmo assim você tiver dinheiro sobrando e quiser gastá-lo ajudando alguém, pelo menos o pagamento das suas despesas estará garantido.

3- Ter medo de perder experiências

É difícil negar jantares com amigos, idas ao cinema e viagens no final de semana, mas dizer 'sim' para tudo pode gerar problemas para você, principalmente se a saída utilizada para cobrir todos esses gastos vire dívidas com o cartão de crédito.

Gastar dinheiro com experiências marcantes é fundamental, desde que você tenha o dinheiro e que a experiência realmente valha a pena. Faça a escolha: você prefere sair para jantar naquele restaurante chique ou ir àquela peça de teatro que está com tempo limitado?

4- Ignorar os problemas

É muito fácil ignorar telefonemas de credores a respeito de dívidas acumuladas ou cobrando o pagamento de empréstimos. Afinal, eles não podem interferir na sua vida se você não atender, não é mesmo? Errado. Além da dívida continuar crescendo por conta dos juros, ficar endividado pode 'sujar' o seu nome, afetando a possibilidade de você pegar um novo cartão de crédito ou um empréstimo no futuro.

Evite ignorar as suas dívidas. Se você está com dificuldade para realizar seus pagamentos mensais, ligue para a empresa que você está devendo, explique a sua situação e tente renegociar a dívida.

Em vez de cair nessas cinco armadilhas, Sophia indica cinco atitudes:

1- Acompanhe a sua conta bancária: o quanto você ganha e o quanto você gasta

2- Faça ajustes no seu orçamento conforme as suas prioridades

3- Não ignore problemas como dívidas

4- Economize

5- Invista para a sua aposentadoria

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos