Bolsas

Câmbio

Altos e baixos da Petrobras, venda de floresta para Fibria, IPO da JBS nos EUA e mais 5 destaques

SÃO PAULO - Além dos fatos políticos políticos relevantes em Brasília, o noticiário corporativo também é intenso nesta terça-feira. A Petrobras é destaque com o anúncio do reajuste de combustíveis e a suspensão pela Justiça da venda da BR Distribuidora. Além disso, a Vale concluiu a venda milionária de navios e a JBS pretende fazer IPO de uma subsidiária nos Estados Unidos.

Petrobras ( PETR3PETR4 ) - parte I
A Petrobras informou na noite desta segunda-feira (5) o reajuste dos combustíveis nas refinarias, para que fiquem alinhados aos preços no exterior. Já em vigor a partir desta terça-feira (6), o aumento na gasolina é de 8,1%, em média, enquanto o óleo diesel, de 9,5%.  Segundo a companhia, a s principais variáveis que explicam a decisão são o aumento observado nos preços do petróleo e derivados e desvalorização da taxa de câmbio no período recente.

Se esse reajuste for repassado ao consumidor integralmente, a gasolina pode subir 3,4%, ou R$ 0,12 por litro e o diesel pode ficar 5,5% ou cerca de R$ 0,17 por litro mais barato, calcula a estatal. A  estatal havia anunciado duas vezes queda nos preços para as refinarias - em 14 de outubro e em 8 de novembro. Porém, em muitos estados os preços nas bombas subiram em vez de cair.

Petrobras - parte II
Ainda no noticiário da estatal, destaque para a decisão, em caráter liminar, da 3ª Vara da Justiça Federal em Sergipe pela suspensão pela companhia e a ANP (Agência Nacional do Petróleo) da venda de participação acionária na BR Distribuidora. A ação foi movida pelos petroleiros José Hunaldo Nunes Santos e Fernando Borges da Silva, ligados ao Sindipetro-Alagoas, que alegam que a Petrobras estaria infringindo a legislação ao planejar vender 51% de participação no ativo sem realizar licitação. A companhia diz que vai recorrer.

Conta o jornal Valor Econômico que a companhia esperava que as ofertas fossem entregues até 20 de dezembro e que a ideia era que o sócio que comprasse a fatia de 51% da companhia tivesse pouca ou quase nenhuma autonomia. A estatal quer manter controle sobre as decisões estratégicas, a despeito de abrir mão do controle acionário.

Vale (VALE3; VALE4)
A Vale e a Polaris Shipping concluíram nesta segunda-feira a transação de compra e venda de quatro navios capesize atualmente operados pela mineradora brasileira, segundo comunicado divulgado ao mercado.  A transação totalizou 140 milhões de dólares, equivalentes a 35 milhões de dólares por navio, que serão recebidos pela Vale mediante a entrega de cada navio.  Um dos navios foi entregue nesta segunda-feira e as entregas dos demais navios estão previstas para ocorrer em dezembro de 2016 e janeiro de 2017.  "A transação é consistente com a estratégia da Vale de fortalecer o balanço e focar nos ativos core", disse a companhia em nota.

JBS (JBSS3)
A JBS anunciou nesta segunda-feira uma revisão em seus planos de reorganização, prevendo um pedido de IPO ( oferta pública inicial de ações)   da JBS Foods International (JBSFI) na bolsa de Nova York no primeiro semestre de  2017. A subsidiária na Holanda vai concentrar todas as suas operações internacionais e da Seara, mantendo a sede do grupo no Brasil. A nova empresa terá 35 bilhões de dólares em receita anual e 115 mil funcionários em mais de quatro continentes, segundo dados de meados deste ano.  O presidente-executivo da JBS SA, Wesley Batista, será presidente do conselho de administração da JBSFI, que terá um colegiado formado por nove membros, a maioria independentes.  O plano, aprovado por unanimidade pelo Conselho de Administração, ocorre depois que o braço de participações do BNDES, o BNDESPar, vetou em outubro uma reorganização que previa que a sede do grupo seria na Irlanda, o que levou a uma forte queda no valor de mercado da companhia.

Localiza (RENT3
A Localiza fechou um acordo de longo prazo com a The Hertz Corporation, uma das maiores empresas de aluguel de carros do mundo, para formação de uma parceria estratégica que abrangerá o uso da marca combinada "Localiza Hertz" no Brasil, informou a companhia nesta segunda-feira (5).  Segundo comunicado, foi fechado um acordo para utilização, pela Hertz, da marca Localiza nos principais aeroportos que atendem viajantes brasileiros nos Estados Unidos e Europa. Além disso, o combinado inclui também a troca de reservas, intercâmbio de executivos, tecnologia e informação.  O acordo ainda está sujeito à aprovação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica)

Banco do Brasil (BBAS3)
O Banco do Brasil anunciou nesta segunda-feira acordo com os Correios para manter serviços do Banco Postal por até 36 meses, mediante um novo modelo de remuneração.  O novo modelo é baseado em parte fixa de 5 milhões de reais "e o restante na performance do negócio por meio de comissionamento variável, de acordo com o volume de serviços prestados", disse o BB em fato relevante.  O BB estima que, por este modelo, vai pagar no primeiro mês aos Correios cerca de 24 milhões de reais, "valor que poderá variar de acordo com a produtividade da rede do Banco Postal". Ainda no noticiário do banco, fontes disseram à Bloomberg que o governo federal adiou o plano de vender ações da instituição financeira no Fundo Soberano.

Via Varejo (VVAR11)
Três empresas asiáticas demonstraram interesse na compra da Via Varejo: as chinesas Alibaba e Suning e a sul-coreana Samsumg, segundo informações do Estadão. Além delas, a chilena Falabella, a sul-africana Steinhoff e a brasileira Lojas Americanas também estão interessadas na compra do negócio de eletrodomésticos do Grupo Pão de Açúcar, que inclui as marcas Casas Bahia e Ponto Frio. 

Duratex (DTEX3)
A fabricante de painéis de madeira Duratex anunciou nesta terça-feira a venda de florestas de eucalipto no Estado de São Paulo para a produtora de celulose Fibria por 74,8 milhões de reais.  A Duratex vai reconhecer ainda neste ano metade do valor da transação e o restante a partir de 2017. A responsabilidade dos custos de colheita e transporte da madeira serão da Fibria.  Segundo a Duratex, a venda faz parte de estratégia da empresa para "adequar o excedente de suprimento florestal e, portanto, não compromete a capacidade de fornecimento de madeira para as nossas operações de manufatura de painéis".

Kroton (KROT3); Estácio (ESTC3)
A superintendência-geral do Cade declarou a operação de combinação dos negócios entre as empresas do setor de educação Kroton e Estácio Participações complexa e solicitou estudo de impacto concorrencial.  Em fato relevante, as empresas informaram que a superintendência-geral pediu na véspera que o departamento de estudos econômicos do Cade elabore estudo quantitativo sobre impactos concorrenciais da operação.  As empresas informaram ainda que a declaração de complexidade dá ao Cade a prerrogativa de prorrogar o prazo de análise da operação em até 90 dias. No entanto, ela não implica a imediata extensão do prazo limite de análise, que permanece sendo 240 dias.

Recomendações
Os analistas do Santander iniciaram cobertura sobre as ações da Alliar (AALR3) com recomendação de compra e preço-alvo de R$ 28,00 ao final de 2017. Também foi elevado pelos especialistas do banco o preço-alvo para as ações da Braskem (BRKM5), de US$ 19,10 para US$ 21,00.  As ações de Marfrig (MRFG3) e Minerva (BEEF3) tiveram preços-alvos respectivamente elevados de R$ 7,50 para R$ 8,00, e de R$ 16,00 para R$ 17,00 pelos analistas do Itaú BBA no ano que vem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos