PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Ações - Futuros dos EUA sobem depois do Twitter bater metas de ganhos

26/07/2019 08h08

Os futuros dos EUA subiam na sexta-feira, como ganhos positivos da Alphabet (NASDAQ:GOOGL), Intel (NASDAQ:INTC), Starbucks (NASDAQ:SBUX) e Twitter ( NYSE:TWTR) ajudando a impulsionar o sentimento do mercado.

O Twitter ganhou 4,1% nas transações de pré-mercado depois que registrou um salto de 18% na receita durante o segundo trimestre, com lucro diluído por ação de US$ 1,43 no lucro líquido de US$ 1,1 bilhão.

A Alphabet (NASDAQ:GOOGL), empresa controladora do Google, subiu 8,8% depois que o lucro do segundo trimestre bateu as previsões. A empresa também anunciou uma recompra de ações de US$ 25 bilhões e minimizou o aumento do controle regulatório.

A Intel (NASDAQ:INTC) cresceu 4,9% depois de aumentar sua previsão de receita.

O índice de tecnologia de futuros do Nasdaq 100 subia 32 pontos ou 0,4% às 8h05, o índice blue chip futuros do Dow ganhava 80 pontos ou 0,3% ao passo que os futuros do S&P 500 avançavam 8 pontos ou 0,3%.

Ainda na frente de lucros, a Starbucks (NASDAQ:SBUX) deve abrir com um novo recorde de alta, saltando 6,2% depois de anunciar suas vendas comparáveis mais fortes em três anos.

Por outro lado, a Amazon.com (NASDAQ:AMZN) caía 1,6% depois que seu lucro perdeu o consenso e de dizer que a renda cairia no terceiro trimestre devido ao aumento dos gastos com entrega em um dia, aumentando o custo das vendas.

O McDonald's (NYSE:MCD) também está em foco ao divulgar seus resultados antes da abertura do mercado.

Enquanto isso, a Apple (NASDAQ:AAPL) avançava 0,3% após confirmar que está comprando os negócios de modem da Intel em um negócio avaliado em US$ 1 bilhão, enquanto a Sprint (NYSE:S) ganhava 3,5 % após relatos de que o Departamento de Justiça está em negociações com os estados para obter sua aprovação na sua fusão com a T-Mobile (NASDAQ:TMUS).

Na frente econômica, o produto interno bruto (PIB) dos EUA será divulgado às 9h30. Espera-se que os dados mostrem uma desaceleração no crescimento anualizado para 1,8%, o mais lento desde 2017. Os números também podem influenciar as deliberações da Reserva Federal quando tomar sua decisão de política monetária em 31 de julho.

Em commodities, petróleo bruto ganhava 0,8%, para US$ 56,49 o barril. Os contratos futuros de ouro subiam 0,3%, para US$ 1.418,65 por onça troy, enquanto o índice dólar, que mede a força da moeda frente a uma cesta ponderada de seis principais divisas, atingiu um recorde de alta de dois meses no início do dia, antes de cair para 97,657.