PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

BB-BI projeta corte de 0,5 p.p. na Selic e vê nova taxa já precificada

31/07/2019 13h27

Investing.cmo - O Banco do Brasil Investimentos (BB-BI) projeta que a taxa básica de juros (Selic) será reduzida em 0,50 ponto percentual na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) nesta quarta-feira. Desta forma, a Selic passaria de 6,5% ao ano para 6,00%.

Para os analistas, o corte esperado se resguarda nas condições atuais da economia, cujo crescimento da atividade ainda gira abaixo do potencial, no cenário benigno para a inflação do próximo ano e na conjuntura internacional favorável para cortes de juros nos bancos centrais das principais economias desenvolvidas. Eles destacam que curva de juros futuros já incorpora a expectativa de corte de 50 pontos- base. Neste contexto, uma redução menos intensa ou manutenção geraria uma reprecificação dos contratos de curto prazo.

A equipe do banco avalia que o balanço de riscos se encontra assimétrico, no qual a ociosidade pressiona a trajetória da inflação para baixo da meta enquanto, o risco de frustração das reformas e a deterioração do cenário externo exercem força contrária, ainda que com menor intensidade. Dos três fatores de risco, o BB-BI entende que o segundo continua sendo o mais preponderante.

Os analistas ressaltam que acompanharam os avanços relevantes nos 45 dias que decorreram desde a última reunião do Copom, dada a aprovação do relatório da reforma da previdência na Comissão Especial em 4 de julho e a subsequente aprovação do texto no 1º turno do plenário da câmara (10/07) com votação expressiva.

Desde a última reunião, a perspectiva do mercado para a inflação de 2020 recuou para 3,9%, abaixo da meta (4,0%). Ademais, em suas projeções, o Copom indicou que em um cenário no qual a trajetória da taxa Selic recua para 5,75% em 2019 e retorna para 6,50% em 2020, a inflação ainda terminaria o ano de 2020 abaixo da meta estabelecida para o IPCA.