IPCA
0.19 Jul.2019
Topo

Alemanha - Ações fecharam o pregão em queda e o Índice DAX recuou 0,12%

12/08/2019 14h15

Alemanha - As ações fecharam em queda no pregão de segunda-feira, com perdas nos setores de Construção, Produtos farmacêuticos e Cuidados de saúde e Recursos básicos, levando as ações a uma baixa.

No encerramento em Frankfurt, o Índice DAX recuou 0,12%, enquanto o Índice MDAX perdeu 0,41%, e o Índice TecDAX caiu 0,93%.

O melhor desempenho da sessão no Índice DAX veio das ações da Linde PLC (DE:LINI), que subiram 1,74%, o que corresponde a 2,950 pontos, sendo negociadas a 172,500 no fechamento do pregão. Enquanto isso, as ações da Henkel&Co KGaA AG Pref (DE:HNKG_p) adicionaram 1,73%, ou 1,56 pontos, terminando o dia em 91,90, e as da Munchener Ruck AG (DE:MUVGn), que avançaram 0,88%, ou 1,90 pontos, no final das operações com 217,80.

O pior desempenho da sessão foi das ações da Deutsche Bank AG (DE:DBKGn), que caiu 5,27% ou 0,351 pontos, com os papéis sendo negociados a 6,310 em seu fechamento. ThyssenKrupp AG (DE:TKAG) recuou 2,97%, ou 0,305 pontos, terminando em 9,950, e Continental AG (DE:CONG) diminuiu 2,77%, ou 3,16 pontos, para 110,98.

Já as principais empresas que tiveram o melhor desempenho no índice MDAX foram Osram Licht AG (DE:OSRn), cujas ações subiram 10,43%, para 34,95, CTS Eventim AG (DE:EVDG) subiu 3,60% para terminar em 47,220, e Stroeer SE (DE:SAXG), que ganhou 2,81% para encerrar em 71,300.

Os piores desempenhos vieram de Leoni AG (DE:LEOGn), que recuou 14,86% para 9,476 no final das operações. Em seguida, a empresa Hella KGaA Hueck&Co (DE:HLE), que perdeu 5,96% e terminou em 36,30, e, por fim, a Commerzbank AG (DE:CBKG) que encerrou com recuo de 3,98%, para 5,044 no fechamento.

Já as principais empresas que tiveram o melhor desempenho no índice TecDAX foram Medigene (DE:MDG1k), cujas ações subiram 1,88%, para 6,515, Dialog Semiconductor (DE:DLGS) subiu 1,88% para terminar em 40,6400, e SLM Solutions Group AG (DE:AM3D), que ganhou 0,66% para encerrar em 12,28.

Os piores desempenhos vieram de S&T AG (DE:SANT1), que recuou 6,12% para 18,40 no final das operações. Em seguida, a empresa CompuGroup Medical AG (DE:COPMa), que perdeu 5,22% e terminou em 52,650, e, por fim, a Draegerwerk AG&Co (DE:DRWG_p) que encerrou com recuo de 5,17%, para 42,900 no fechamento.

As ações em queda superaram os papéis com resultados positivos na Bolsa de valores de Frankfurt com uma diferença de 484 a 192, enquanto 80 terminaram sem alterações.

As ações da ThyssenKrupp AG (DE:TKAG) recuaram, alcançando seu mínimo histórico; caindo 2,97%, ou 0,305, para 9,950. As ações da Continental AG (DE:CONG) recuaram, alcançando seu mínimo de 5 anos; perdendo 2,77%, ou 3,16, para 110,98. As ações da Leoni AG (DE:LEOGn) recuaram, alcançando seu mínimo de 5 anos; caindo 14,86%, ou 1,654, para 9,476. As ações da CTS Eventim AG (DE:EVDG) avançaram, alcançando seu máximo histórico; subindo 3,60%, ou 1,640, para 47,220. As ações da Commerzbank AG (DE:CBKG) recuaram, alcançando seu mínimo de 5 anos; diminuindo 3,98%, ou 0,209, para 5,044.

O DAX New Volatility, que mede a volatilidade implícita das opções do índice DAX, acrescentou 2,62%, para 19.99.

Os contratos futuros de ouro para entrega em dezembro, subiram 0,56%, ou 8,45, para $1.516,95 por onça troy. Em outras commodities, petróleo para entrega em setembro, avançou 0,55%, ou 0,30, para atingir $54,80 por barril, enquanto os futuros de petróleo brent para entrega em outubro, avançaram 0,10%, ou 0,06, negociados a $58,59 por barril.

O par EUR/USD subiu 0,12% para 1,1212, enquanto o par EUR/GBP recuou 0,19%, para 0,9284.

O Índice Dólar Futuros, por sua vez, aumentou 0,07% em 97,257.

Mais Economia