PUBLICIDADE
IPCA
0,64 Set.2020
Topo

Centauro aprova plano outorga de opção de ações para funcionários e colaboradores

23/09/2019 10h17

O Grupo SBF, dono da marca Centauro, divulgou fato relevante na noite de sexta-feira informando que a Assembleia Geral aprovou o plano de outorga de opção de compra de ações de 2019, na quantidade máxima de 7.943.848, tendo como beneficiários empregados, administradores, prestadores de serviço e demais colaboradores da companhia.

De acordo com o comunicado, o preço e o período de exercício serão definidos pelo Conselho de Administração, devendo o valor das ações estar atrelado ao valor de mercado.

Também conhecido como Stock Options, plano é um benefício dado por uma empresa para que seus colaboradores tenham a opção de adquirir ações a um preço pré-determinado em um período estabelecido de tempo. Um detalhe importante é que, como esse tipo de plano trata de opções de ações e não de ações, é dado ao titular o direito de compra da ação, mas ele não é obrigado a executá-la de fato.

Em maio, o IPO da Centauro movimentou pouco mais de R$ 772 milhões. A estratégia desenhada pela companhia, a partir da oferta de ações, estava focada na abertura de novas lojas, amortização de dívidas e fortalecimento do negócio de Omnichannel, venda integrada entre diferentes canais digitais.

Em junho, a companhia travou uma disputa com o Magazine Luiza (SA:MGLU3) para a compra da sua rival Netshoes (NYSE:NETS). Mesmo com uma oferta financeira melhor, a oferta da rede varejista foi a preferida dos acionistas da Netshoes.

Novo conselheiro

O início de setembro, a Centauro informou que o ex-presidente da Alpargatas (SA:ALPA4), Márcio Utsch, passou a fazer parte do conselho da companhia. Ustch comandou a fabricante das sandálias por 15 anos, deixando a companhia no final do ano passado. É considerado um dos responsáveis pela liderança em calçados de corrida para a Mizuno no Brasil.