PUBLICIDADE
IPCA
+0,53 Jun.2021
Topo

Embraer recua 5% após prejuízo de US$ 77 milhões e previsão menor de dividendos

12/11/2019 11h41

Na parte da manhã desta terça-feira, as ações Embraer operam com importante queda, depois de informar que teve prejuízo de US$ 77,2 milhões no terceiro trimestre e sinalizou que pode pagar um dividendo menor aos acionistas após a conclusão do acordo para vender o controle de sua divisão de aviação comercial para a Boeing.

Por volta das 11h40, os papéis operavam com perdas de 2,64% a R$ 17,33.

A companhia informou que espera pagar dividendo entre US$ 1,3 bilhão e US$ 1,6 bilhão ante estimativa anterior de pagamento de US$ 1,6 bilhão a US$ 1,7 bilhão, segundo comunicado enviado ao mercado.

A empresa afirmou que não espera concluir a venda do controle da divisão para a Boeing, que está sendo avaliada pela União Europeia, antes de março de 2020. A expectativa inicial era de selar a transação de US$ 4,2 bilhões até o final deste ano.

A Embraer informou que espera fluxo de caixa negativo de US$ 100 milhões a US$ 300 milhões em 2019.

Para o BTG Pactual, dado o consumo de caixa esperado para 2019 e o atraso no negócio da Boeing, a Embraer agora espera que dividendos especiais (após o fechamento do negócio) variem entre US $ 1,3 bilhão - US $ 1,6 bilhão (abaixo dos US $ 1,6 bilhão), o que o banco vê como negativo. Para os analistas, a Embraer deve continuar sendo impulsionada por desenvolvimentos relacionados ao negócio da Boeing, mas esperam que resultados fracos e a revisão de dividendos pesem sobre as ações no curto prazo.