PUBLICIDADE
IPCA
+0,25 Jan.2021
Topo

Alemanha - Ações fecharam o pregão em alta e o Índice DAX avançou 0,47%

15/11/2019 15h15

Alemanha - As ações fecharam em alta no pregão de sexta-feira, com ganhos nos setores de Construção, Tecnologia e Recursos básicos, levando as ações a uma alta.

No encerramento em Frankfurt, o Índice DAX ganhou 0,47%, enquanto o Índice MDAX ganhou 0,44%, e o Índice TecDAX subiu 0,73%.

O melhor desempenho da sessão no Índice DAX veio das ações da HeidelbergCement AG (DE:HEIG), que subiram 2,73%, o que corresponde a 1,780 pontos, sendo negociadas a 67,040 no fechamento do pregão. Enquanto isso, as ações da Volkswagen AG Vz (DE:VOWG_p) adicionaram 1,97%, ou 3,54 pontos, terminando o dia em 183,46, e as da Merck KGaA (DE:MRCG), que avançaram 1,74%, ou 1,85 pontos, no final das operações com 108,00.

O pior desempenho da sessão foi das ações da Daimler AG (DE:DAIGn), que caiu 0,90% ou 0,460 pontos, com os papéis sendo negociados a 50,680 em seu fechamento. Vonovia SE (DE:VNAn) recuou 0,36%, ou 0,17 pontos, terminando em 46,87, e RWE AG (DE:RWEG) diminuiu 0,31%, ou 0,080 pontos, para 25,710.

Já as principais empresas que tiveram o melhor desempenho no índice MDAX foram Jungheinrich AG (DE:JUNG_p), cujas ações subiram 2,55%, para 23,340, Lanxess (DE:LXSG) subiu 2,50% para terminar em 63,880, e Fraport (DE:FRAG), que ganhou 2,41% para encerrar em 75,780.

Os piores desempenhos vieram de K+S AG NA O.N. (DE:SDFGn), que recuou 5,71% para 11,400 no final das operações. Em seguida, a empresa LEG Immobilien AG (DE:LEGn), que perdeu 2,13% e terminou em 101,200, e, por fim, a Stroeer SE (DE:SAXG) que encerrou com recuo de 1,63%, para 72,200 no fechamento.

Já as principais empresas que tiveram o melhor desempenho no índice TecDAX foram S&T AG (DE:SANT1), cujas ações subiram 2,77%, para 21,50, Carl Zeiss Medi (DE:AFXG) subiu 2,36% para terminar em 104,000, e SMA Solar Technology AG (DE:S92G), que ganhou 2,22% para encerrar em 32,240.

Os piores desempenhos vieram de SLM Solutions Group AG (DE:AM3D), que recuou 3,41% para 15,30 no final das operações. Em seguida, a empresa Siemens Healthineers AG (DE:SHLG), que perdeu 0,39% e terminou em 43,47, e, por fim, a Freenet AG (DE:FNTGn) que encerrou com recuo de 0,23%, para 21,300 no fechamento.

As ações em alta superaram os papéis com resultados negativos na Bolsa de valores de Frankfurt com uma diferença de 439 a 247, enquanto 76 terminaram sem alterações.

As ações da K+S AG NA O.N. (DE:SDFGn) recuaram, alcançando seu mínimo de 5 anos; diminuindo 5,71%, ou 0,690, para 11,400. As ações da Lanxess (DE:LXSG) avançaram, alcançando seu máximo de 52 semanas; ganhando 2,50%, ou 1,560, para 63,880. As ações da SMA Solar Technology AG (DE:S92G) avançaram, alcançando seu máximo de 52 semanas; subindo 2,22%, ou 0,700, para 32,240.

O DAX New Volatility, que mede a volatilidade implícita das opções do índice DAX, devolveu 5,50%, para 13.06um novo mínimo de 3 meses.

Os contratos futuros de ouro para entrega em dezembro, caíram 0,35%, ou 5,15, para $1.468,25 por onça troy. Em outras commodities, petróleo para entrega em dezembro, avançou 1,67%, ou 0,95, para atingir $57,72 por barril, enquanto os futuros de petróleo brent para entrega em janeiro, avançaram 1,83%, ou 1,14, negociados a $63,42 por barril.

O par EUR/USD subiu 0,29% para 1,1053, enquanto o par EUR/GBP avançou 0,12%, para 0,8565.

O Índice Dólar Futuros, por sua vez, aumentou 0,16% em 97,860.