PUBLICIDADE
IPCA
1,06 Abr.2022
Topo

XP estreia na Nasdaq em alta de 20% a US$ 32,75

11/12/2019 13h44

A XP (NASDAQ:XP) estreou nesta quarta-feira (11) na bolsa de tecnologia Nasdaq e nos primeiros negócios a ação saltou 21% a US$ 32,75.

Durante o leilão de abertura, o preço indicativo de abertura chegou a superar os US$ 35, o que seria uma alta de 30%.

Ontem, o papel foi precificado a US$ 27,00, acima da faixa indicativa de preços de US$ 22 a US$ 25. O volume captado é de US$ 2,25 bilhões, no maior IPO de uma empresa brasileira em 2019.

Veja aqui a cotação da XP em tempo real

Com precificação, a XP foi avaliada em quase US$ 15 bilhões. Um dos grandes ganhadores é o Itaú, cuja a participação atual do Itau na XP de 46% está avaliada em R$ 28,4 bilhões (considerado resultados não realizados), valor muito superior ao que o Itaú investiu 6,3 bi de reais em meados 2017, segundo avaliação do Safra. O banco brasileiro (SA:ITUB4) opera em alta de 0,5% a R$ 36,20.

Na operação, a XP Inc emitiu 42.553.192 ações ordinárias Classe A e alguns acionistas vendedores venderam 29.957.449 papéis ordinários Classe A. A operação foi liderada pelo Goldman Sachs Inc., JPMorgan Chase, Morgan Stanley, Banco Itaú BBA SA e XP Investimentos.

A XP é mais uma empresa brasileira a optar por abrir capital em Nova York. Além da corretora, negociam lá a PagSeguro (NYSE:PAGS), Stone (NASDAQ:STNE), Afya (NASDAQ:AFYA) e a Arco (NASDAQ:ARCE). Nesta semana, o Valor informou que a rede de restaurantes Madero poderá fazer IPO nos EUA.

Com Reuters