Bolsas

Câmbio

Swift anuncia método de preparação de biblioteca de sequenciamento de metilação de célula única do mais alto rendimento

Swift Biosciences

Os dados abaixo são de responsabilidade das empresas envolvidas e não são produto jornalístico do UOL

ANN ARBOR, Michigan, 10 de agosto de 2017 /PRNewswire/ -- A Swift Biosciences, destacada fornecedora de soluções inovadoras de preparação de biblioteca de sequenciamento de nova geração (NGS -- next-generation sequencing), anunciou hoje o lançamento de um novo método de sequenciamento de metilação de célula única baseado em sua tecnologia Accel-NGS® Adaptase™ , uma solução de preparação de NGS eficiente e robusta para sequenciamento de bissulfito de genoma completo em resolução de célula única. Esse novo método possibilita a análise eficiente de regiões metiladas diferentes em milhares de células de tecidos heterogêneos, ao mesmo tempo que lida com aplicações tais como classificação de células, regulação de mecanismos celulares em tecido normal, alterações epigenéticas em estados de doenças e conservação evolutiva de regulação epigenômica.

A metilação é um biomarcador estável que pode ser usado para identificar tipos de células e elementos reguladores que sustentam a função celular. Quando associada a estudos de expressão do RNA de célula única, a metilação da célula única pode elucidar os elementos reguladores, controlando sucessivamente os perfis de expressão única de células individuais e diferenças entre células. Adicionalmente, estudos clínicos recentes revelaram padrões de metilação em doenças -- tais como o câncer -- que identificam o tipo de tumor, avaliam a carga do tumor em biópsias líquidas e correlacionam com a progressão da doença, o prognóstico e a resposta a medicamentos.

Esse método foi descrito recentemente em um documento da Science intitulado " Single Cell Methylomes Identify Neuronal Subtypes and Regulatory Elements in Mammalian Cortex " ("Metilomas de células únicas identificam subtipos neurônicos e elementos reguladores em córtex de mamíferos"), de autoria de colaboradores do Instituto Salk, da Universidade da Califórnia em San Diego e da Swift Biosciences. O fluxo de trabalho combina o isolamento baseado em triagem de células ativadas por fluorescência, a conversão de bissulfito e o módulo Accel-NGS Adaptase da Swift com outros componentes disponíveis comercialmente. Os resultados publicados demonstraram um aumento maior que o dobro em taxas de leitura de mapeamento em comparação com outros métodos, melhorando significativamente, portanto, a produção de dados por operação de sequenciamento e, ao mesmo tempo, reduzindo o custo geral.

"Essa foi uma das muitas colaborações científicas, nas quais as tecnologias da Swift estão ampliando as fronteiras da ciência", disse o presidente e CEO da Swift Biosciences, Timothy Harkins, um dos autores do documento. "Estamos muito satisfeitos com as novas percepções que tivemos sobre os processos celulares básicos e com o impacto futuro profundo que exercerão sobre a medicina de precisão".

"Nossa tecnologia patenteada Adaptase constrói bibliotecas de NGS de alta complexidade de DNA de fita simples e baixa contribuição", disse a diretora sênior de pesquisa e desenvolvimento Laurie Kurihara, PhD, uma das autoras do documento. "Nosso fluxo de trabalho com célula única tem menos etapas do que outros métodos e oferece processamento de célula única diversificado, para garantir maior produtividade das aplicações de alto rendimento".

O Módulo Accel-NGS Adaptase já está disponível comercialmente.

FONTE Swift Biosciences

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos