Bolsas

Câmbio

FMI reduz para 3% previsão de crescimento da economia do país no ano

Do UOL, em São Paulo

O Fundo Monetário Internacional (FMI) rebaixou nesta terça-feira (16) a previsão de crescimento da economia brasileira para 3% em 2013. A previsão anterior da entidade era de 3,5%. Porém, para 2014, o Fundo aumentou a projeção em 0,1 ponto, para 4%.

A revisão do FMI ocorre um dia após o governo também reduzir a previsão de crescimento para o ano, para 3,5%.

De acordo com a entidade, os cortes de gastos do governo nos Estados Unidos e às dificuldades mais recentes da Europa atingida pela recessão devem prejudicar a retomada da economia.

Economia do país encolhe em fevereiro

A economia do país encolheu 0,52% em fevereiro na comparação com janeiro, segundo o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado uma espécie de prévia do Produto Interno Bruto (PIB).

Foi o pior resultado registrado pelo BC para meses de fevereiro em relação a janeiro desde 2005, quando também foi registrada queda de 0,52%. A série histórica do BC foi iniciada em 2003. 

Um dos pilares da economia, as vendas do setor varejista surpreenderam em fevereiro, com queda de 0,4% ante janeiro, e o primeiro recuo anual desde novembro de 2003, de 0,2%.

O resultado foi influenciado pela inflação, que acumulou em 12 meses até março alta de 6,59% pelo IPCA, estourando o teto da meta do governo.

Soma-se ao cenário a dificuldade da produção industrial em deslanchar, tendo registrado em fevereiro recuo de 2,5%, no pior resultado mensal em pouco mais de quatro anos.

Mercado estima alta de 3%; Mantega diz que investimento 'deslanchou'

Para o mercado, de acordo com o Boletim Focus, a economia brasileira deve crescer 3% no ano. O Banco Central (BC) enfrenta um dilema neste momento com inflação em alta e sinais recentes que reforçaram o cenário de fragilidade da recuperação econômica brasileira.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que a economia vai continuar se recuperando ao longo deste ano. "O investimento realmente deslanchou e deve se manter nessa trajetória ao longo de 2013", disse.

Maiores economias do mundo também devem crescer menos

Em relatório divulgado nesta terça-feira, o FMI também a previsão para o crescimento da economia global, passando de 3,5% para 3,3%.

As duas maiores economias do mundo também devem enfrentar mais dificuldades em 2013 e tiveram a previsão de PIB rebaixada. Segundo o relatório, os Estados Unidos devem ter crescimento de 1,9% e a China, de 8%.

(Com Reuters)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos