Topo

Dieta faz filha de Luxemburgo abrir loja 'natureba'; veja franquias

Afonso Ferreira

Do UOL, em São Paulo

24/06/2013 06h00

Uma dieta que proibia o consumo de alimentos com glúten fez a filha do técnico Vanderlei Luxemburgo, Vanessa, 33, se interessar pelo mercado de produtos naturais e virar empresária.  “Fiz a dieta durante seis meses e, por conta disso, frequentei muitas lojas de produtos naturais. Vi que esse mercado, por estar começando, tem bastante potencial", diz.

Em julho, ela abrirá uma unidade da franquia Ponto Natural na capital paulista. A escolha da marca, de acordo com Vanessa, veio da amizade do marido, o jogador de futebol Fabiano, com o sócio da franquia, Marcel Acedo.

Os dois atuaram juntos nas categorias de base do São Paulo de 1993 a 2000. Fabiano jogou o Campeonato Paulista desse ano pelo XV de Piracicaba.

“Esse mercado [de produtos naturais] é uma tendência e não uma moda. Muitas pessoas estão aderindo a ele, seja por saúde ou por estética. Vejo uma grande possibilidade de crescimento deste setor”, afirma.

O segmento de produtos naturais e alimentos saudáveis está em alta. Segundo Abdala Jamil Abdala, organizador da Naturaltech –feira de alimentação saudável, produtos naturais e saúde–, a estimativa é de que o setor cresça 40% em 2013, atingindo o faturamento de R$ 20 bilhões no ano.

O crescimento do mercado de produtos naturais, de acordo com Abdala, é puxado pela procura por alimentos de maior valor nutricional. “O brasileiro está mais preocupado com hábitos de vida e alimentares mais saudáveis”, diz o organizador da Naturaltech, feira que será realizada em São Paulo (SP), entre os dias 27 e 30 de junho.

Abdala afirma, ainda, que há espaço no mercado de produtos naturais para novos negócios. Segundo ele, a oferta é pouca e a demanda é crescente, tanto nas grandes como nas pequenas cidades.

“No exterior, por exemplo, são comuns supermercados e lojas de conveniência com espaços dedicados a produtos naturais. No Brasil, este mercado ainda está no começo”, declara.

O investimento inicial para abrir uma loja da Ponto Natural é a partir de R$ 165 mil. Outras redes de produtos naturais como Empório Body Store, Mundo Verde e Via Verde têm investimentos entre R$ 219 mil e R$ 330 mil. O faturamento médio mensal varia de R$ 70 mil a R$ 120 mil.

Produtos orgânicos são 35% mais caros

Para o diretor executivo da rede Mundo Verde, Sérgio Bocayuva, produtos orgânicos –cultivados sem o uso de agrotóxicos– ainda enfrentam rejeição por parte dos consumidores. Isso porque os preços são, em média, 35% mais caros do que os convencionais, segundo Bocayuva.

Para ele, apenas um público mais exigente e com maior poder aquisitivo se interessa por esses produtos. Já as mercadorias naturais, como sementes e cereais, possuem preços mais competitivos.

“As pessoas estão mais preocupadas com a saúde e dispostas a pagarem um pouco mais por um produto com mais benefícios. A elevação de renda da nova classe média ajudou a impulsionar o mercado”, declara.

Segundo Bocayuva, a maioria dos consumidores desconhece a diferença entre produtos naturais e os convencionais encontrados no supermercado.

Neste caso, de acordo com o diretor da Mundo Verde, é tarefa do empresário e de sua equipe conhecer as propriedades e benefícios de cada mercadoria na loja e explicar ao cliente.

“O público de uma loja de produtos naturais quer ajuda para saber como consumir determinada mercadoria e o que ele tem a ganhar com isso. Não é como no supermercado, onde ele pega, paga e vai embora”, diz.

Cuidados ao escolher uma franquia

Tempo de mercadoVerifique há quanto tempo a rede atua no mercado. Se a franquia for nova, veja o número de unidades próprias. É por meio delas que a franqueadora adquire experiência e conhecimento da área que irá transmitir aos franqueados
Pesquisa com franqueadosAs redes são obrigadas a apresentar a COF (Circular de Oferta de Franquia) para os interessados. O documento deve indicar endereço, nome e telefone de franqueados e ex-franqueados. É importante ligar para o maior número possível para saber sobre investimento, faturamento, tempo de retorno e lucro
FaturamentoDesconfie de números fantásticos. O ideal é avaliar mais de uma franquia do setor que deseja ingressar para ver se os números são similares. Segundo a ABF, o lucro varia de 10% a 15% sobre o faturamento
Prazo de retornoA ABF trabalha com o prazo de retorno de 18 a 24 meses para microfranquias, que exigem um investimento mais baixo, e de 36 meses para franquias, que necessitam de investimento maior
Assinatura de contratoO negócio só pode ser fechado após o prazo de 10 dias da entrega da COF. O objetivo é evitar a assinatura por impulso. A COF informa o número de franqueados ativos e inativos (nos últimos 12 meses), com telefone, ações judiciais contra a empresa e estimativa de investimento, faturamento etc.

Serviço:

Naturaltech 2013 – 9ª Feira Internacional de Alimentação Saudável, Produtos Naturais e Saúde
Data:
27 a 30 de junho
Horário: 11h às 20h
Local: Pavilhão da Bienal do Ibirapuera
Entrada: Gratuita

Mais Economia