PUBLICIDADE
IPCA
0,87 Ago.2021
Topo

Dobra intenção de viagem da nova classe média brasileira até junho de 2014

Do UOL, em São Paulo (SP)

02/01/2014 15h45

A intenção de viagem para o primeiro semestre de 2014 dos brasileiros com renda de até R$ 2.100 –faixa que enquadra a nova classe média no país– dobrou, segundo estudo do Ministério do Turismo.

De acordo com pesquisa da pasta, realizada no mês de dezembro, 17,9% dos entrevistados pretendem viajar até junho de 2014. Em dezembro de 2012, a intenção de viagem do mesmo grupo era de 8,8%.

Os destinos nacionais são os mais desejados para 95,2% dos entrevistados desta faixa de renda, enquanto que as viagens ao exterior representam apenas 4,8% da preferência.

A elevação também aconteceu entre os que ganham mais de R$ 9.600 mensais: de 53,3% para 61,4%. Neste grupo, a intenção de viajar para o exterior é de 52% contra 48% dos destinos nacionais.

Nas duas faixas intermediárias, o aumento foi menor. Os viajantes com renda de R$ 2.101 a R$ 4.800 passaram de 25,2% para 26,2%. Já os que ganham entre R$ 4.801 e R$ 9.600, passaram de 39,7% para 41,9%.

A intenção de viagem do brasileiro em dezembro foi recorde no ano. Mais de 37% dos entrevistados pretendem viajar nos próximos seis meses pelo Brasil e exterior.

“Isso revela que o ano de 2014 será promissor para o turismo brasileiro e que o nosso país vai se beneficiar desses deslocamentos”, disse o ministro do Turismo, Gastão Vieira.

O percentual de pessoas interessadas em visitar destinos nacionais também foi recorde anual: 76,2% frente aos 22% que pretendem desembarcar em outros países. O restante (1,8%) está indeciso quanto ao destino.

Entre as paisagens brasileiras mais requisitadas, a região Nordeste está em primeiro lugar. É a preferida por 40,1% dos turistas que pretendem viajar.

Os estados do Sul aparecem em segundo lugar, com 23,3% das preferência, seguidos do Sudeste, com 21,7%.

A pesquisa, realizada em parceria com a FGV (Fundação Getulio Vargas), mostra também que 53,2% dos entrevistados pretendem viajar de avião. Em dezembro de 2012 eram 43,7%.

O segundo meio de transporte mais utilizado será o automóvel, com 35%, e o ônibus, com 7,8%. Outros meios somam 4%.

A pesquisa do Ministério do Turismo é realizada mensalmente com 2.000 domicílios em sete capitais brasileiras: Brasília (DF), Salvador (BA), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP), Porto Alegre (RS) e Belo Horizonte (MG).

PUBLICIDADE