Bolsas

Câmbio

Campanha pede que EUA coloquem foto de ex-escrava em nota de US$ 20

Do UOL, em São Paulo

  • Montagem/Divulgação

    Montagem com a imagem de Harriet Tubman na cédula de US$ 20

    Montagem com a imagem de Harriet Tubman na cédula de US$ 20

Uma campanha pela internet nos Estados Unidos pede uma mudança na cédula de US$ 20: trocar a imagem do ex-presidente Andrew Jackson (1829-1837), que atualmente estampa a nota, pelo rosto da ex-escrava Harriet Tubman, ícone no país por lutar pelo abolicionismo.

A campanha foi criada pelo grupo "womenon20s", que lançou uma votação em seu site com diferentes opções de mulheres. Após dois meses de enquete, mais de 600 mil pessoas votaram, segundo o grupo.

A vencedora foi Harriet Tubman, com 118. 328 votos. A segunda colocada foi a ex-primeira-dama Eleanor Roosevelt, com 111.227 votos.

O grupo enviou uma petição ao presidente norte-americano, Barack Obama, pedindo que a foto de Harriet Tubman substitua a de Andrew Jackson na nota de US$ 20.

Críticas ao atual homenageado

Jackson é apontado pelo grupo como um político celebrado pelas suas proezas militares e por ter ajudado a desalojar tribos indígenas, o que provocou mortes, doenças e fome.

O grupo também destaca que Jackson teria sido um feroz opositor do sistema de banco central, e que é irônico que ele seja 'imortalizado' na nota.

"Nossas notas são como monumentos em nossos bolsos e têm que levar grandes figuras de nossa história", disse a diretora-executiva do grupo, Susan Ades Stone.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Assine e receba em seu e-mail em dois boletins diários, as principais notícias do dia

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos