Ouça o Giro UOL Economia com os destaques desta segunda, 11 de julho

Luiz Gomes

Do UOL, em São Paulo

Mercado Financeiro

A Bolsa de São Paulo fechou o dia em alta de 1,54%, com 53.960,11 pontos. O desempenho foi puxado pela valorização das ações da Petrobras, da Vale e dos bancos. Esse foi o quarto avanço seguido do Ibovespa, que valorizou 4,72% no mês.

Já o dólar subiu 0,47%, cotado em R$ 3,31. A alta de hoje aconteceu após ações do Banco Central no mercado de câmbio. No mês, a moeda norte-americana valorizou 3,01%.

Leia mais
 


Previsões (um pouco) melhores

Os economistas consultados pelo Banco Central reduziram a projeção para a inflação, valor do dólar e queda do PIB do país em 2016.

De acordo com o Boletim Focus divulgado hoje, a inflação passou de 7,27% para 7,26%; o PIB será de -3,3%;e a previsão para o valor do dólar passou de R$ 3,46 para R$ 3,40. A taxa básica de juros, a Selic, deve ficar em 13,25%.

Leia mais
 

 

Devo, não nego, pago quando puder

Os governos dos Estados estão atrasando cada vez mais os pagamentos para fornecedores e funcionários. Apenas até abril de 2016, as dívidas dos 26 Estados mais o Distrito Federal somavam R$ 11,4 bilhões.

O levantamento feito pelo jornal Folha de S.Paulo mostra que esse valor registrou um aumento de 82% em relação ao mesmo período do ano passado. Os Estados que mais devem são Rio de Janeiro e Bahia, com passivos de R$ 4,189 bilhões e R$ 1,087 bilhões, respectivamente.

Leia mais
 

 

Corrupção das empresas

A corrupção entre políticos em países emergentes é um problema conhecido. Mas esse quadro também se repete na falta de transparência das multinacionais dessas nações. E um relatório da organização Transparência Internacional aponta que combater a corrupção não é a prioridade dessas corporações.

Para a entidade, que criou um ranking para medir a transparência de cem multinacionais, houve uma piora das notas em países emergentes de 2013 para 2016. A empresa brasileira com melhor avaliação na lista é a Embraer, que aparece na 19ª colocação.

Leia mais
 

 

"Hoje eu quero sair só"

Depois de quatro anos como diretor-executivo do Brasil no Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Ricardo Carneiro deixou o cargo. Em carta, o economista não poupou o presidente interino, Michel Temer (PMDB), de críticas.

Na despedida, Carneiro disse que Temer impõe uma política econômica sem o respaldo das urnas e que não vai dar certo, além de criticar as limitações feitas aos investimentos do BNDES.

Leia mais
 

 

Produção em alta

A Petrobras bateu recorde de produção de petróleo e gás em junho. Com média de 2,9 milhões de barris de óleo por dia, o valor superou a marca de agosto de 2015, quando foram 2, 88 milhões de barris.

A produção no pré-sal no último mês cresceu 8% e registrou recorde mensal, com 1,24 milhões de barris. No total, em junho a estatal produziu 2% a mais que em maio.

Leia mais
 

 

Jogo bom de ações

O desenho animado Pokemon fez muito sucesso nos anos 90 e ganhou um jogo que ficou famoso entre crianças e jovens. E agora um novo game da marca está fazendo sucesso até no mercado de ações.

O lançamento de Pokemon GO, primeiro jogo da Nintendo para smartphones, fez com que ações da empresa no Japão valorizassem 36% em apenas dois dias. Nos Estados Unidos, o game já é mais popular que o Tinder e tem tantos usuários ativos quanto o Twitter.

Leia mais
 

 

Agenda da semana

Na agenda econômica, a Fipe divulga amanhã o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) da semana. A pesquisa é feita na cidade de São Paulo com pessoas que ganham de 1 a 20 salários mínimos.

Já o IBGE apresenta números das vendas do varejo no mês de junho.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos