Bolsas

Câmbio

Ouça o Giro UOL Economia com os destaques desta sexta, 20 de janeiro

Vinícius Garcia

Do UOL, em São Paulo

Balanço da semana

A Bovespa fechou em alta de 0,89%, com 64.521,18 pontos. A Bolsa encerra a semana com valorização de 1,37%.

E em dia de posse de Trump, o dólar teve queda de 0,55%, cotado em R$ 3,182. Essa é a segunda baixa seguida da moeda americana, que termina a semana com queda de 1,21%.

Leia mais
 

Desemprego em 2016

O Brasil fechou cerca de 1,3 milhão de vagas de trabalho com carteira assinada em 2016. Esse é o segundo ano de queda. Em 2015, 1,5 milhão de vagas foram perdidas.

No ano passado, em todos os meses o saldo de demissões foi maior que o de contratações. Os dados foram divulgados pelo Ministério do Trabalho e da Previdência Social.

Leia mais
 

Liberação do FGTS

Os 10,1 milhões de trabalhadores que possuem saldo em contas inativas do FGTS vão poder sacar os recursos a partir de março. É o que informa o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha.

A ordem dos saques deve ser baseada no mês de aniversário do trabalhador. A Caixa propôs que a retirada seja feita até julho.

Leia mais
 

Reação na produção

A produção e o emprego na indústria brasileira encerraram 2016 em queda. Ainda assim a situação é mais favorável que a de dezembro de 2015. A informação está na pesquisa Sondagem Industrial, divulgada hoje pela CNI.

O indicador de produção alcançou 40,7 pontos no último mês do ano passado, contra 47 pontos em novembro. Mesmo abaixo da linha dos 50 pontos, o que indica queda na produção, o número supera os 35,5 pontos registrados em dezembro de 2015.

Leia mais
 

Só em 2018

A indústria paulista espera voltar a ter um saldo positivo sólido de empregos só em 2018. Para este ano, a expectativa da Fiesp é ficar no "zero a zero".

Desde 2014, foram fechadas 518 mil vagas no setor no Estado de São Paulo. Só em 215, cerca de 236 mil postos foram cortados.

Leia mais
 

PIB da China

O PIB da China teve o pior crescimento dos últimos 26 anos em 2016. Mas engana-se quem pensa que o avanço não foi grande. O Produto Interno Bruto chinês registrou avanço de 6,7% no ano passado.

O índice ficou dentro da meta do governo, que estava entre 6,5% e 7%. O país se manteve como a segunda maior economia do mundo, atrás apenas dos Estados Unidos.

Leia mais
 

Agenda econômica

Na agenda econômica, a Fundação Getúlio Vargas divulga na segunda-feira o Índice de Preços ao Consumidor da 3ª quadrissemana de janeiro. Também na segunda, o Ministério do Desenvolvimento anuncia a balança comercial da semana.

Já o Banco Central divulga o Boletim Focus, com projeções da inflação, do PIB, da Selic e da cotação do dólar para 2017.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos