Bolsas

Câmbio

Governo adia decisão sobre corte e aponta grande chance de alta de impostos

Do UOL, em São Paulo

O governo federal anunciou nesta quarta-feira (22) que aguarda decisões da Justiça para evitar um corte de R$ 58,2 bilhões no Orçamento de 2017.

Segundo o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, o governo aguarda decisões do STF (Supremo Tribunal Federal) e do STJ (Superior Tribunal de Justiça) para tentar reduzir esse corte. Meirelles disse, ainda, que "é grande a possibilidade" de aumento de impostos. As definições serão divulgadas somente na próxima terça-feira (28), disse o ministro.

O valor do corte consta no Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas, divulgado mais cedo. O documento é lançado a cada dois meses, com os parâmetros oficiais da economia e as previsões de arrecadação de impostos, de gastos e de cortes no Orçamento. 

O corte seria necessário para cumprir a meta fiscal do governo, que é de rombo de R$ 139 bilhões. Essa meta foi estabelecida anteriormente, na Lei de Diretrizes Orçamentárias para este ano.

Projeção de crescimento cai

Também nesta quarta-feira, o Ministério da Fazenda divulgou uma nova projeção de crescimento para o país. A economia brasileira deve apresentar crescimento de 0,5% este ano, segundo estimativa para o PIB (Produto Interno Bruto). A projeção anterior era 1%.

A estimativa está próxima da esperada pelo mercado financeiro, que projeta expansão do PIB de 0,48%. Em 2016, o PIB teve queda de 3,6%. Para 2018, a estimativa é de expansão do PIB em 2,5%.

(Com Reuters e Agência Brasil)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos