Bolsas

Câmbio

Comissão deve votar hoje o aumento na previsão de rombo nas contas públicas

Iolando Lourenço

Da Agência Brasil

O projeto de lei que aumenta a previsão de rombo nas contas públicas neste ano e em 2018 foi encaminhado pelo governo ao Congresso Nacional e deverá ser votado pela Comissão Mista de Orçamento (CMO) na tarde desta terça-feira (29).

Após ser votado, o projeto poderá ser levado à votação na sessão do Congresso Nacional destinada à apreciação de vetos presidenciais, convocada para a noite de amanhã.

Na última sexta-feira (25), o relator do projeto na CMO, deputado Marcus Pestana (PSDB-MG), apresentou parecer favorável ao projeto do governo que altera as metas fiscais deste ano e de 2018, previstas nas Leis de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2017 e de 2018 que foram aprovadas pelo Congresso. O relator rejeitou as 67 emendas que foram apresentadas ao projeto pelos parlamentares.

Na proposta enviada ao Congresso, o governo está revendo as metas fiscais deste ano, que prevê um déficit primário de R$ 139 bilhões; e a do ano que vem, cujo déficit previsto era de R$ 129 bilhões. O governo está propondo rever os dois números para um déficit primário de R$ 159 bilhões.

Os argumentos para revisão da meta são a retração da atividade econômica e a consequente queda na arrecadação federal. Segundo o governo, com menos recursos entrando no caixa e diante das dificuldades para conter as despesas, há necessidade de modificar as metas fiscais constantes nas LDOs.

População entende alta dos combustíveis, como diz Temer? Veja reações em SP

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos