Bolsas

Câmbio

Varas de pesca e carretilhas por R$ 10 mil? Veja quanto custa uma pescaria

Thâmara Kaoru

Do UOL, em São Paulo

Pensando em pescar, mas com dúvidas sobre o melhor equipamento? A escolha certa depende do objetivo, de sua experiência, do tipo de peixe e, principalmente, do tamanho de seu bolso. Varas e carretilhas podem ser encontradas por preços de R$ 25 a R$ 10 mil.

As varas podem ser acompanhadas de molinetes, indicado para iniciantes, ou carretilhas, para quem já tem mais experiência e quer arremessos mais precisos.

Em loja especializada no centro de São Paulo, a vara mais barata encontrada pela reportagem do UOL foi a de fibra de vidro da Tacom Altlas de 1,83 m. Ela custa R$ 24,99. Dá para pescar em pesqueiros e rios, basta colocar a linha.

Por ser de fibra de vidro é mais pesada do que uma vara de carbono. "É recomendado para crianças que estão começando a pescar por ser resistente", diz o subgerente da loja Sugoi Big Fish, Roberto Watanabe.

Ricardo Matsukawa / UOL
Outra opção é a vara de carbono Lumis Exsence. Ela mede 1,68 m, pode ser dividida em duas partes para facilitar o transporte e custa R$ 172. Para usá-la, o pescador terá que comprar um molinete. A recomendação da loja é o Fleming Garra, que custa R$ 79,90. Os modelos servem para pesqueiro, rio ou alto-mar.

Já para ter as mais desejadas varas e carretilhas, o pescador terá que desembolsar cerca de R$ 10 mil no total. A Vara Shimano World Shaula mede 1,98 m, pode ser divida em quatro partes para transporte e custa R$ 4.999. Para acompanhá-la, a recomendação é que o pescador compre a carretilha Shimano Antares DC (Digital Control) por R$ 4.950. O sistema Digital Control facilita na hora do arremesso e evita as cabeleiras (linhas embaraçadas no carretel).

O equipamento é recomendado para pescarias com iscas artificiais e é ideal para rio e mar. "É o sonho de consumo de qualquer pescador", diz Watanabe.

Veja outros exemplos de equipamentos de pesca disponíveis no mercado nas fotos no começo desta reportagem ou clique aqui. Os preços foram pesquisados em 24 de agosto de 2017 e podem variar.

Vara depende do lugar da pesca e do peixe

Segundo Eduardo Makoto Onaka, pesquisador cientifico do Instituto de Pesca, da Secretaria de Agricultura de São Paulo, para escolher o tipo de equipamento que terá que comprar, o pescador precisa primeiro definir por qual local irá começar: se será por pesqueiro, praia, rio ou alto-mar, por exemplo. Os tipos de peixe e os tamanhos deles também influenciam no modelo da vara.

"Há varas especiais para vários tipos de peixe e vários tipos de pescaria. Para pesqueiro, por exemplo, a vara precisa ser comprida e forte, pois lá os peixes costumam ser mais pesados. Já na praia, eles são menores e mais leves", diz.

Como o equipamento não é barato, o pescador pode investir em tipos específicos de vara conforme for se especializando, diz Onaka. "No começo, dá para escolher uma vara média que consegue pegar peixes pequenos e grandes. Mas, todo pescador sabe que depois é melhor comprar um equipamento especializado para cada pescaria." 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos