PUBLICIDADE
IPCA
0,86 Out.2020
Topo

Economistas reduzem previsão para a inflação e veem alta de 1,5% no PIB

Do UOL, em São Paulo

23/07/2018 08h32

Economistas de instituições financeiras consultadas pelo Banco Central reduziram suas previsões para o a inflação no final de 2018. As projeções para o PIB (Produto Interno Bruto), o dólar e para a taxa básica de juros, a Selic, foram mantidas. 

Veja as previsões do Boletim Focus para 2018 divulgadas nesta segunda-feira (23) pelo Banco Central:

  • Inflação: caiu de 4,15% para 4,11%;
  • PIB: foi mantido em 1,5%;
  • Dólar: foi mantido em R$ 3,70;
  • Taxa de juros: foi mantida em 6,5% ao ano.

Leia também:

No mês passado, o Banco Central manteve a taxa básica de juros em 6,5% ao ano como esperado, indicando, segundo especialistas, que não deve mexer tão cedo na Selic. 

Para a inflação, a meta em 2018 é manter a taxa em 4,5% ao ano, mas há uma tolerância de 1,5 ponto para cima e para baixo, ou seja, pode variar entre 3% e 6%. 

(Com Reuters)

O que o PIB tem a ver com a sua vida?

UOL Notícias