IPCA
0.43 Fev.2019
Topo

Andar alto, localização e condomínio com preço baixo valorizam o imóvel?

Thâmara Kaoru

Do UOL, em São Paulo

2018-10-22T04:00:00

22/10/2018 04h00

Ao escolher a casa própria, nem sempre o comprador leva em consideração que poderá ter de vender aquele imóvel no futuro. Optar por uma localização ruim, não verificar se há excesso de barulho na rua e até deixar de analisar se o valor do condomínio está alto são fatores que podem acabar dificultando a vida de quem quer passar o imóvel para frente.

Para listar o que pode ajudar a valorizar seu imóvel, o UOL conversou com Igor Freire, diretor de vendas da Lello Imóveis, com José Augusto Viana Neto, presidente do Creci-SP (Conselho Regional de Corretores de Imóveis), e com Sérgio Castellani, economista do grupo Zap. 

Leia também:

Confira o que pode ser um diferencial para seu imóvel:

Localização

Para Castellani, o mais importante é escolher bem a localização do imóvel. ?O consumidor tem que olhar primeiro a localização e ponderar se está comprando em uma região que vai se valorizar. Se é um local em que houve muitos lançamentos, pode haver muito estoque e acabar limitando a valorização. Se outra região tem potencial e não está crescendo tão rapidamente, pode ser que seja melhor.?

Comércio perto de casa

Dá para ir a padarias, farmácias e mercados a pé? Há bancos e escolas por perto? Esses itens podem fazer a diferença na hora da venda. ?Ter farmácia, banco, padaria e supermercado por perto facilita o dia a dia e valoriza o imóvel. O mesmo para shoppings e academias. É um argumento que pesa na hora de vender?, afirmou Freire.

Valor de condomínio

Uma despesa fixa mensal alta pode fazer possíveis compradores fugirem. ?Hoje em dia, condomínio alto está sendo um impeditivo na hora da compra. Há valor de condomínio que se compara ao preço de um aluguel. Isso é um fator que influencia muito na hora da venda?, disse Viana Neto.

Andar alto e vista livre

Freire disse que há clientes que fazem questão de morar em andar alto e com vista livre. Outros nem se importam com isso. ?Não ter um prédio na frente é um adicional. Mas é também algo muito particular. Tem uns que não abrem mão disso. Mas há aqueles que estão mais interessados em outros itens, não é a principal preocupação.?

Apesar de depender da preferência do comprador, Viana Neto disse que os apartamentos que estão em andares superiores e têm a vista desimpedida costumam atrair mais os clientes.

?É um fator importante. Se em um prédio estão vendendo dois apartamentos do mesmo tamanho, e um deles é em andar baixo e virado para a rua, e o outro em andar alto e com a janela para o fundo, o alto vai ter mais valor.?

Modernização do prédio

Prédios antigos que se modernizam tendem a atrair mais. ?Os mais novos já são mais modernos, com tecnologia, internet em todo prédio. Os mais antigos precisam fazer essa atualização e até trocar elevadores e reformar a portaria. Isso tende a valorizar o imóvel ao longo do tempo?, disse Freire.

Facilidade para transporte

Acesso fácil a ônibus, metrô e ciclovia atrai. ?O que pesa muito na valorização e que é preciso ter bastante atenção é a mobilidade?, afirmou Freire.

Segurança do prédio e da região

Um prédio que se preocupar com a segurança dos condôminos pode fazer diferença na hora da venda. ?O condomínio é seguro? A administradora tem preocupação com segurança? Como é o entorno do prédio? Há histórico de assalto? Quem são os vizinhos? Essa questão da segurança é importante e levada em consideração na hora da compra?, disse Freire.

Vaga de carro

Apesar de ser alta a tendência de locomoção por bicicletas, Freire afirmou que vaga de carro ainda é valorizada. ?A tendência das bicicletas é muito nova. A grande maioria ainda quer um apartamento com vaga. Com duas vagas, então, a valorização é maior ainda?, disse.

Ele afirmou que há situações em que os outros fatores, como localização e mobilidade, acabam pesando mais na decisão, mas que, ainda assim, há essa preferência.

Manutenção do apartamento

Há clientes que querem comprar o imóvel para reformar. Mas a maioria quer um apartamento ou casa para começar a morar. No máximo, fazer uma pequena reforma, segundo Freire.

?O cliente quer saber se o dono anterior era cuidadoso. É a mesma sensação de quando você vai comprar um carro seminovo. Se você percebe que o dono cuidava do carro, você compra até mais feliz. Agora, se a pessoa está pouco preocupada com as condições do apartamento, a possibilidade de venda diminui bastante.?

Veja o que desvaloriza o imóvel

  • Feira livre na porta do prédio

?Ter feira é uma maravilha, desde que não fique na sua rua?, disse Viana Neto. Para ele, só o fato de ter que tirar o carro da garagem antes da feira, por exemplo, pode afastar possíveis compradores.

  • Bares na rua de casa

Bares e salões de festas por perto podem prejudicar a valorização do imóvel. ?Se você compra um imóvel com um bar do lado, não será bom na hora da venda?, disse Freire.

  • Enchentes próximas ao condomínio

Vale a pena conversar com os futuros vizinhos e até comerciantes para saber como é o lugar durante épocas de chuvas. ?Se é uma região com enchentes, só vendendo com preço muito baixo para conseguir atrair clientes, pois ninguém quer?, afirmou Viana Neto.

Empresas oferecem test-drive de sapato e apartamento

UOL Notícias

Mais Economia