ipca
0,45 Out.2018
selic
6,5 31.Out.2018
Topo

Mídia e Marketing

Guia ensina anunciantes a respeitar privacidade do consumidor na internet

Eliane Pereira

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/10/2018 20h17

Desde antes de a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) ser sancionada pelo presidente Michel Temer, em 14 de agosto, empresas brasileiras já estavam se mexendo para adaptar suas práticas às novas regras sobre privacidade na Internet.

Por aqui, elas passam a valer a partir de fevereiro de 2020, mas na Europa, a Regulamentação Geral de Proteção de Dados (GDPR, na sigla em inglês) já está valendo.

A lei se aplica a qualquer organização, de qualquer país, que ofereça produtos ou serviços a consumidores na União Europeia ou monitore o comportamento de seus cidadãos. Por isso a pressa das empresas em se adaptar às novidades.

Para ajudá-las, a ABA (Associação Brasileira de Anunciantes) lançou nesta terça-feira (23), em São Paulo, o Guia GDPR para Profissionais de Marketing. A íntegra do documento pode ser lida clicando aqui. A associação também divulgou um vídeo sobre a importância das mudanças (assista ao vídeo no final deste texto).

Como a lei brasileira –que estabelece multas que chegam a R$ 50 milhões por infração– se baseia na da União Europeia, o guia pode ajudar muito neste primeiro momento.

“O mercado tem anunciantes de diferentes portes e ninguém está 100% pronto. Nos inspiramos nos estudos da WFA (Federação Mundial de Anunciantes, na sigla em inglês) e trazemos isso para a realidade local. Os próximos 16 meses serão importantes para nos prepararmos, nos adequarmos à lei”, afirma Vanessa Vilar, gerente jurídica sênior da Unilever Brasil e presidente do Comitê Jurídico da ABA.

Para o público, o guia serve como orientação para verificar se seus direitos estão mesmo sendo respeitados.

Mais Mídia e Marketing