PUBLICIDADE
IPCA
0,24 Ago.2020
Topo

Mídia e Marketing

Consumidor de cerveja prefere qualidade a quantidade, aponta pesquisa

iStock
Imagem: iStock

Colaboração para o UOL, em São Paulo

17/11/2018 04h00

O perfil do consumidor brasileiro de cerveja tem mudado. Essa é a conclusão da Mintel, empresa mundial de inteligência de mercado. Segundo uma pesquisa feita pela companhia, 57% dos consumidores brasileiros afirmam preferir beber pequenas quantidades de cerveja mais cara a grandes quantidades de cerveja de menor custo.

"O consumo de cerveja está mudando no Brasil. Os consumidores têm favorecido produtos de mais qualidade. Investir em embalagens menores para produtos premium pode ser uma oportunidade para atrair as classes mais altas. Cervejas artesanais e de trigo, que ainda não lançaram versões menores de seus produtos, têm uma oportunidade", declarou Ana Paula Gilsogamo, especialista em Alimentos e Bebidas da Mintel.

Leia também:

Quando a pesquisa abordou as motivações para experimentar novos tipos de cerveja, 42% dos consumidores mencionaram "um novo sabor/sabor inovador" –razão mais evidente entre consumidores de 18 a 24 anos, sendo citada por 53% deles.

"Os números apontam que os consumidores são atraídos por sabores novos e interessantes ao provar novos tipos de cerveja. As marcas podem, portanto, investir em sabores inovadores e exóticos para atrair esse público por meio da curiosidade", disse Ana Paula.

A companhia que assina a pesquisa prevê pequeno crescimento no consumo até o final deste ano. Segundo os números da Mintel, os brasileiros compraram 10,3 bilhões de litros de cerveja no ano passado, número que deve subir para 10,4 bilhões de litros em 2018.

O que faz um mestre cervejeiro?

UOL Notícias

Mídia e Marketing